Aikido Brasil > Artigos > Dicas de como selecionar um dojo de Aikido


Blog Aikido Brasil


Artigos


Dicas de como selecionar um dojo de Aikido


Atualmente, em grandes metrópoles como São Paulo, é possível encontrar diversos dojos de Aikido, alguns até na mesma rua. Como são artes de caráter muito subjetivo, cada instrutor(a) traz consigo a sua visão, experiência e maneira de passá-la adiante para futuros praticantes.


Há alguns pontos básicos para se levar em conta na escolha de um sensei e local apropriado. O primeiro e mais importante é a sua afinidade com o sensei e a maneira com que ele(a) ministra as aulas. Para isso, só há uma maneira de conhecer: visitando o local e fazendo uma aula experimental.


Alguns lugares permitem que o futuro praticante experimente uma aula gratuita ou possuem um plano especial para pessoas que desejam conhecer o Aikido sem nenhum compromisso. Durante sua visita, esclareça todas as suas dúvidas com o sensei que ministra o treino e pergunte se você pode participar de uma aula gratuita ou se existem planos para iniciantes. Não pague nenhuma taxa de matrícula, assine um contrato ou compre algum material (vestimenta ou qualquer outro acessório) se comprometendo com o local antes de fazer uma aula experimental. O ideal é adquirir qualquer material ou assinar algum plano se comprometendo à um período maior somente depois de um mês de prática regular.


Um segundo ponto a ser levado em consideração é a distância entre o dojo e sua casa ou trabalho. Pesquisas indicam que algumas pessoas, após alguns meses de treino, tendem a desanimar-se das práticas regulares que levam mais de 20 minutos para se chegar ao local. Se você se enquadra neste tipo de pessoa é preciso levar em consideração o tempo de locomoção do dojo à sua residência ou trabalho. Entretanto, se você já é uma pessoa que coloca a qualidade do aprendizado acima dos obstáculos de tempo e distância não se incomodará em levar alguns minutos a mais para se chegar ao local de treino.


Outro fator importante é a relação custo/benefício. De nada adianta você encontrar um local próximo à sua residência, se afinizar com o(a) sensei e sua maneira de ministrar as aulas, e não poder pagar a mensalidade da prática regular. Ou, por outro lado, pagar uma taxa mensal baixa e praticar em um ambiente onde você não se sente confortável correndo o risco de até sair lesionado fisicamente ou emocionalmente de um treino. Alguns locais possuem diversos planos para pessoas que desejam frequentar o treino uma, duas ou mais vezes durante a semana. Há outros que oferecem planos trimestrais ou semestrais com descontos.


Fique atento à lugares que queiram fazer você assinar algum contrato de comprometimento ou a comprar algum uniforme logo no primeiro dia de treino. Há certos locais também que procuram criar um clima de dependência entre aluno/instrutor, dificultando a saída do aluno caso ele opte por tal decisão.


Se você não gostar do primeiro dojo que visitar, cuidado para não generalizar e achar que você não gostou do Aikido. Talvez, você não tenha se identificado com o sensei em questão e sua forma de passar o Aikido. Experimente visitar outro dojo.


Refletir sobre estes fatores já irá lhe dar uma base e discernimento para encontrar um local que melhor se adequa às suas necessidades e ao seu estilo de vida. Se você mora em uma cidade onde não existem diversas opções, o ideal é investir tempo e experimentar todas antes de tomar a decisão final, lembrando que você é sempre livre para mudar de idéia e local de treino a qualquer momento.


Autor: Saulo Nagamori Fong

Instituto União

http://www.institutouniao.com.br


Apoio:

Aikido - Instituto União


Arte da Paz


Anuncie


Propaganda





Aikido Brasil | Política de Privacidade