Aikido Brasil > Livros de Aikido > Nacionais > A Arte da Paz


Blog Aikido Brasil


Livros Nacionais de Aikido


A Arte da Paz



Comprar


A Arte da Paz: Ensinamento do fundador do Aikido

Autor: Morihei Ueshiba

Editora: Rocco

132 páginas - Português

ISBN: 8532512399

Comprar


Descrição: Nestes tempos de ameaças de guerra mundial, a Coleção Sábias Palavras aponta para a pacificação dos seres humanos com uma arma talvez mais poderosa que uma bomba atômica: a sabedoria milenar do Oriente ensinamentos que sobrevivem ao tempo e às mais diversificadas culturas, conquistando um número cada vez maior de adeptos entre os ocidentais contemporâneos. A Arte da Paz é um de seus primeiros títulos e traz os ensinamentos do mestre japonês Mirihei Ueshiba, fundador do Aikido, compilados por John Stevens e traduzidos por Murillo Nunes de Azevedo. Ueshiba (1883 - 1969 ) é um dos maiores mestres das artes marciais orientais, um guerreiro invencível, mesmo aos 80 anos de idade, que consagrou todo o seu aprendizado à proclamação de seu amor pela paz. Parece contraditório que este instrutor das academias militares de elite do Japão tenha criado o Aikido, que significa a arte da paz, que segundo ele, deve ser o ideal da vida humana. Mas o guerreiro teve, ao longo de sua vida, três visões que o levaram à convicção de que o caminho do guerreiro é o amor divino, esta a primeira revelação. Depois, o mestre viu que a arte marcial destina-se ao cultivo da vida, do conhecimento, da virtude e do bom senso e não deve ser desenvolvida como forma de dominar os outros. A última visão, em 1942, em plena barbárie da Segunda Guerra, mostrou-lhe que só o poder do amor pode impedir a matança entre os homens. O guerreiro passou a apregoar que não se deve lutar contra si mesmo, contra os outros ou contra o meio ambiente. As técnicas marciais, para ele, passaram a significar harmonia e não repressão. São estes ensinamentos preciosos que se concentram em A Arte da Paz. Como o de que a vida é crescimento, sustentado por oito forças: movimento e repouso solidificação e fluidez, extensão e contração, unificação e divisão. Para viver e crescer, é preciso saber respirar como o fluir e refluir das marés. O mestre revela que o ser humano possui quatro tesouros: a energia do sol e da lua, o sopro do céu, o sopro da Terra, e o fluir e o refluir das marés. Por isso, é preciso proteger a natureza, porque a essência do guerreiro é sua vitalidade, que sustenta a sua vida e precisa desses tesouros naturais. São palavras sábias, que pacificam a alma do leitor e pretendem pacificar o mundo. A Arte da Paz parece simples e começa individualmente, com a luta contra os desejos ruins e a falsidade que existe no coração de cada um de nós. Só assim podemos cultivar as quatro grandes virtudes.



Apoio:

Aikido - Instituto União


Arte da Paz


Anuncie


Propaganda





Aikido Brasil | Política de Privacidade